Esta foi a viagem de carro que realizamos em janeiro de 2015, saindo de Pelotas/RS e percorrendo Brasil, Argentina, Bolívia, Peru e Chile. Fomos acompanhados de nosso filho Felipe com 4 anos e da nossa pequena princesa Isabela com 1 ano e 3 meses.

Foram 35 dias de viagem totalizando 10300Km rodados. Nesta viagem utilizamos um Prisma Maxx 1.4 2007.

Foi a nossa sexta experiência viajando de carro pelos países da América do Sul. Já é nossa quarta aventura com nosso filho Felipe e a segunda viajando com a Isabela.

Esta viagem foi a realização de um grande sonho de ir até o Peru de carro. O planejamento do roteiro foi bem técnico, pois boa parte dos lugares que conhecemos são altitudes elevadas. Como viajamos com 2 crianças, a nossa preocupação com a altitude é ainda maior. Portanto nos preocupamos bastante em fazer um planejamento considerando um aumento gradual da altitude, fazendo assim uma boa aclimatação (veja mais informações clicando aqui).

Alguns lugares que conhecemos:

Na Argentina: região da Quebrada de Humahuaca, cidades de Maimará, Humahuaca, Purmamarca, Cuesta de Lipán e Salinas Grandes.

Na Bolívia: Vilazón, Potosi, La Paz e Copacabana (Isla del Sol).

No Peru: Puno onde fizemos os passeios até as Islas Flutuantes de Uros e Ilha Taquile. Cusco onde realizamos alguns passeios pela cidade conhecendo a Plaza de Armas e os sítios arqueológicos de Sacsayhuaman, Q’engo, Tambomachay, Pukapukara e Písac (no caminho para Olantaytambo). Ollantaytambo onde visitamos Machu Picchu. Nasca onde sobrevoamos as linhas e Além disso, realizamos passeios nos Aquedutos de Cantalloc e no Cemitério de Chauchilla. Em Arequipa fizemos o Tour Campiña que passa pelos principais pontos turísticos da cidade incluindo mirantes que proporcionam um vista panorâmica da cidade e dos três vulcões Pichu Pichu (5.600 m), Misti (5.825 m) e Chachami (6.075 m).

No Chile: No Chile fomos para Arica, Iquique e La Serena. Em Arica fizemos um passeio até o Parque Nacional Lauca onde avistamos o Vulcão Parinacota. Em Iquique visitamos a Zona Franca. Além disso, visitamos as belíssimas praias do pacífico no litoral chileno.

Além de todos os passeios fizemos a travessia pelo Paso Águas Negras que nos contemplou com belas paisagens  e percorremos rodovias que fazem as viagens de carro valerem muito a pena.

Posts relacionados

Em La Serena, cidade chilena com 209.651 habitantes que costeia o pacífico e faz fronteira com a Argentina, ficamos hospedados no Bed and Breakfast Hola Chile.  O local é administrado pela colombiana Nury Trompa e pelo arquiteto chileno Mauricio Namoncura. Além do serviço de hospedagem, os dois se uniram para firmar uma sociedade em um empreendimento […]

Roteiro da viagem 2015 pela Bolívia, Peru, Chile, Argentina e Uruguai

Nossa viagem de janeiro de 2015 durou 35 dias, quando percorremos 10.300km pela Bolívia, Peru, Chile, Argentina e Uruguai. Todo o percurso foi registrado através de um GPS. A seguir estão alguns links para download com o roteiro da viagem: Download do log de GPS (15MB) – Arquivo de log do GPS (roteiro realizado): pode ser aberto no Google […]

  Uma das principais preocupações de quem está planejando uma viagem de carro pela América do Sul são os custos. Levando isso em consideração, resolvemos escrever este post com base nos gastos durante a nossa última viagem que foi realizada em janeiro de 2015. Claro que os custos de uma viagem são muito relativos, pois depende de vários fatores, […]

Aqui vai uma dica de como economizar dinheiro em viagens para a Argentina. Geralmente fazemos saques diretamente nos caixas eletrônicos desse país. No entanto, atualmente, a cotação oficial está totalmente distorcida e não vale a pena fazer mais isso (ou mesmo usar o cartão de crédito ou débito). Em janeiro/2015 fizemos câmbio na fronteira São […]

Posto de combustível da rede PECSA (Peru)

O Chile possui um bom número de postos de combustíveis em suas cidades e rodovias. A maioria deles possui uma infraestrutura em bom estado. Por todo o país não ha dificuldade em pagar o combustível com cartões de crédito, mesmo que seja com chip. A Argentina e Uruguai também possuem um bom número de postos de combustíveis. […]

Na nossa viagem realizada no início de 2015 consumimos cerca de 847,3l de combustível o que foi equivalente ao gasto de R$2.643,45. Considerando os 35 dias que viajamos, a média de gasto por litro de combustível foi R$3,12. Estes números servem apenas para uma referência, pois se deve levar em consideração o consumo do carro que […]

Na viagem que realizamos em 2015 um dos nossos destinos foi a cidade de Santiago ainda no Rio Grande do Sul. No nosso primeiro dia de viagem escolhemos esta cidade, distante 448Km de Pelotas, pois não queríamos percorrer uma grande quilometragem no primeiro dia, uma vez que sempre acabamos atrasando a hora da saída. No dia […]

Primeiro abastecimento no Peru

Olá amigos Já estamos em casa. Chegamos no último domingo, dia 25 de janeiro. Neste post iremos falar sobre nossa primeira experiência entrando de carro no Peru. Saímos de Copacabana (Bolívia) em direção a Puno (Peru) no dia 3 de janeiro. A fronteira fica entre as cidades de Yunguyo (Bolívia) e Juli (Peru). O procedimento […]

Geografia de La Paz

Olá amigos viajantes Estamos em Nasca, no Peru. Mas neste post iremos falar sobre La Paz e Copacabana, na Bolívia. Passamos o Revellion em La Paz. Fizemos uma pequena alteração no roteiro inicialmente planejado, no qual iríamos passar a virada do ano em Copacabana, também na Bolívia. Foi uma ótima decisão, pois participamos de uma […]

Salinas Grandes (Ruta 52/Argentina)

Olá amigos Como vocês já sabem, estamos na estrada novamente. Esta é nossa sexta viagem pela América do Sul. Desta vez nosso roteiro contempla Uruguai, Argentina, Chile, Peru e Bolívia. Esta será nossa primeira viagem ao Peru. Ir de carro até lá é um sonho que temos alimentado há anos. Finalmente estamos tornando este sonho […]

7 respostas para “La Paz, Lago Titicaca, Machu Picchu e Linhas de Nasca (Argentina, Bolívia, Peru e Chile – 2015)”

  1. Alexandre disse:

    Oi Alexandre,

    Estou planejando uma viagem com um roteiro semelhante ao que vcs fizeram. Sairemos de Brasília, entraremos na Argentina por Foz e cruzaremos até Salta. Depois San Pedro de Atacama, Tacna e Cuzco. Volta por Puno, Copacabana e Uyuni, na Bolívia. Por fim, novamente San Pedro de Atacama, Purmamarca e Foz.
    Fiquei um pouco apreensivo com as questões burocráticas relativas ao carro no Peru e na Bolívia. Vcs fizeram a Declaración Jurada de Ingreso y Salida de Vehículos de Uso Privado para Turismo na Bolívia? E o Certificado de Internamiento Temporal no Peru? Foram procedimentos tranquilos?
    Já viajamos pela Argentina e Chile em outras situações, sem maiores problemas, mas entrar no Peru e, principalmente, na Bolívia me deixa um pouco mais apreensivo. Assim, a sua experiência nos será muito útil.
    Coincidências: moro e Brasília, mas sou de Pelotas. Além disso, compartilhamos o mesmo nome.
    Grande abraço,
    Alexandre

  2. Claudia e Eduardo disse:

    Inspirados por essa família viajante, já fizemos nossa segunda viagem de carro e é emocionante. Tudo que o turista pode ver e viver na estrada é muito diferente do que viajar de avião. Em 2015 fizemos Buenos Aires- Colonia- Montevidéu – Punta e em 2016 Santa Fé – Mendoza – Uspalatta – Chile. Quem precisar de informações estamos a disposição também. Muito Obrigado a vocês, Rosangela e Alexandre, que nos incentivaram a viver as viagens emocionantes pela América do Sul.

  3. Adilson disse:

    Olá pessoal

    Sempre vejo as suas viagens na internet. Também gosto de viajar de carro. Retornei esta semana de uma viagem de carro do Rio deJaneiro ao Uruguai. Fui até Colonia del Sacramento. Entrei por Rio Branco/Jaguarão e sai pelo Chui. Foi muito bom. Fui de ford KA 1.0. O bichinho foi numa boa.

    Um abraço

    Boas viagens

  4. Primeiramente parabenizo pelos comentários do site viajando de carro que são bem interessantes e ajudam muito a todas as pessoas que desejam viajar para Machu Picchu, Cusco, Lima, Arequipa, Puno, e todo o Peru.
    Nos da Viagens Machu Picchu estamos dispostos a ajudar a todas as pessoas que desejam viajar e conhecer a nossa cultura Peruana.
    Recomendamos a todas pessoasue antes de viajar ao Peru, se informem sobre a cultura, clima, estações de turismo (Temporada alta e baixa), distancias e sobre os destinos turísticos que estão querendo visitar.
    Peru possui uma paisagem diversificada desde o nível do mar até os 6000 e 7000 metros de altitude.
    Pessoal nos da Viagens Machu Picchu estamos dispostos a ajuda-lhes e ficamos a sua disposição.http://viagensmachupicchu.com.br/

  5. Cléa Rubiane disse:

    Olá, que satisfação casal viajante e aventureiro!

    Encontrei o site de vocês, procurando informações sobre viagens de carro.

    Chegamos ontem da viagem que fizemos ao Chile, de carro, saindo de PELOTAS ( que baita coincidência !!!!, Somos moradores de Pelotas). E como viajante que somos, hoje, como ainda estou de férias, já pensando para o próximo verão o destino, hehe, não podemos perder tempo, hehe, a vida é curta e o mundo é muiiiiiiito grande. Então já estamos pensando em um roteiro: BOLÌVIA e PERU.

    Que alegria imensa descobrir viajantes como nós, que curtem aventuras pela estrada. Já fizemos viagens por todo o Brasil, pela Argentina, Uruguai, Paraguai e agorinha no Chile.

    Enviei e-mail com nosso whatsapp, será uma imensa alegria se pudermos nos encontrar, conversar, trocar experiências. Abraços ao casal viajante de outro casal viajante!
    Felicidades.

  6. PAULO CESAR disse:

    PAULO CESAR 9 de agosto de 2015

    Olá Alexandre, bom dia.

    Fiz uma viagem parecida, ou seja, praticamente o mesmo trajeto só que saindo de Apiacá-ES e com destino a Machu Picchu no Peru (janeiro de 2015) e de carro é claro (Fiesta 1.6 2012 Sedan). Fiz antecipadamente todo o planejamento, porém o custo $$ foi um pouco maior que R$ 10.000,00. O trajeto foi de Apiacá-ES até Foz do Iguaçu-PR, onde entramos na Argentina por Puerto Iguazu-ARG passando por Resistência-ARG, subindo até Salta-ARG e posteriormente Paso de Jama-ARG, fronteira do Chile com a Argentina. Ficamos alguns dias em San Pedro do Atacama-CL e fizemos alguns passeios. Após descemos até Tocopilla-CL onde ficamos em uma Pousada muito boa e relativamente barata. Passamos por Iquique-CL – ficamos alguns dias e subimos até Arica-CL fronteira com o Peru. Fizemos todos os trâmites para a travessia da fronteira Chile-Peru (que trabalhoso hein!!) e nos hospedamos em Tacna-PE. Organizamos alguns passeios e, não poderíamos faltar à zona franca de Tacna-PE, com preços ótimos em relação ao Brasil e Chile. Subimos até Juliaca-PE e paramos em Puno-PE. A cidade de Puno-PE também é ótima para adquirir produtos e alimentos típicos, além de roupas e assessórios, ou seja, vende de tudo em uma freira ao ar livre (no chão). Subimos para Cusco-PE onde ficamos 2 dias e posteriormente para Ollantaytambo-PE. Ficamos 5 dias, que por sinal não foi suficiente para os diversos passeios incluindo o Trem (Peru rail) e as maravilhas de Machu Picchu; neste ponto foi tudo muito caro $$ (o trem até Machu Picchu é pago em dolar), assim evitamos usar o cartão de crédito. Voltamos por Tacna, Arica, Iquique, Antofogasta e ficamos 2 dias em Calama-CL – um oásis no deserto do Atacama. Retornamos para Foz do Iguaçu e por Ourinhos-SP até Apiacá-ES. Toda esta viagem consumiu 36 dias e como já dito acima com um custo de aproximadamente R$ 10.000,00; mas valeu cada centavo gasto, foi incrível e maravilhosa. Vou pedir ajuda a vcs para montar um blog para colocar as fotos e os vídeos desta travessia – isso aqui foi somente um pequenininho resumo. Um abraço a todos.
    PAULO CESAR e DENISE GOMES

    • Alexandre Souza disse:

      Olá Paulo e Denise
      Que ótimo relato! Agradecemos muito por vocês compartilharem o relato conosco.
      Sugerimos que vocês utilizem o WordPress.com como plataforma do blog.
      Vocês chegaram a ir na Zona Franca de Iquique/Chile (ZOFRI)? Vocês acharam os preços mais baratos em Tacna/PE?
      Forte abraço!
      Alexandre, Rosângela, Felipe e Isabela

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *