Ferry Buquebus – Travessia de carro do Rio da Prata

Ferry Buquebus

Ferry Buquebus

O Buquebus é um ferry-boat (balsa) que transporta pessoas e carros e faz a travessia do Rio de La Plata (Rio da Prata), interligando as cidades de Colonia del Sacramento (Uruguai) ou Montevidéo (Uruguai) a Buenos Aires (Argentina). O trajeto é feito por 2 tipos de barcos.

A partir de Colônia do Sacramento (distância de 50Km) o barco grande leva 3 horas e custa mais barato. O pequeno custa mais caro (R$522,00 pela travessia do carro, 2 adultos e 1 bebê, em janeiro de 2012) e leva 1 hora.

Localização do Buquebus:

  • Buenos Aires/Argentina (Puerto Madero): GPS Lat 34°35’51.75″S – Long 58°22’5.27″O
  • Colonia del Sacramento (Porto de Colonia): GPS Lat  34°28’31.72″S –  Long 57°50’33.70″O

Existem diversos horários de travessia e a passagem pode ser comprada pela internet (http://www.buquebus.com/), pagando com cartão de crédito internacional. Comprando as passagens diretamente no porto pode-se pagar em dinheiro (pesos argentinos e uruguaios ou dólares) ou cartão de crédito.

Em Buenos Aires, você pode entrar com seu carro no porto e estacionar na fila de acesso ao barco enquanto compra as passagens.

Em Colonia, o Buquebus fica no fim da Ruta 1 (Av. Roosevelt F. D.), no Porto de Colonia. Você pode deixar o carro no estacionamento do porto para comprar as passagens. Depois deve seguir com o carro até a fila para a entrada no barco.

Passo a passo: procedimento para fazer a travessia de pessoas e carros no Buquebus:

  1. Chegue com 1h de antecedência, dando tempo para fazer toda a burocracia necessária de imigração;
  2. Parar o carro no estacionamento e se dirigir à loja do Buquebus;
  3. Comprar e pagar as passagens (pessoas e carro);
    Obs.: você também poderá comprar as passagens antecipadamente pela internet;
  4. Fazer o checkin (confirmar que fará a travessia) no balcão específico para isto;
  5. Fazer a imigração dos passageiros (apresentar RG ou passaporte) e apresentação da documentação do carro (CRLV – Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo). Neste procedimento todos os passageiros deverão estar presentes no balcão da polícia internacional. Na imigração eles fazem o registro de entrada e saída no Uruguai e Argentina, recolhendo o cartão de saída do país de origem e entregando o cartão de entrada no país de destino;
    Obs.: caso o carro não estiver no seu nome será necessário apresentar a “Autorização para tráfego de veículo fora do território nacional“;
  6. Os passageiros deverão entrar no ferry e o motorista deverá buscar sozinho o carro. Os bancos da cabine de passageiros do barco não são numerados, portanto as pessoas podem sentar onde quiserem;
  7. O motorista deverá conduzir o carro até o ferry;
  8. O carro é revistado quanto ao transporte de mercadorias ilegais antes de entrar no ferry e toda a documentação do veículo e do motorista poderá ser solicitada novamente;
  9. Entrar com o carro no ferry;
    Obs.: deixe o carro estacionado dentro do barco em 1ª marcha e com o freio de estacionamento acionado;
  10. O motorista deverá se dirigir à cabine de passageiros.
    Obs: ninguém poderá ficar no carro ou na área de transporte de veículos do ferry.

O interior do Buquebus é bem agradável: possui uma ótima estrutura, com banheiros, poltronas confortáveis (mesmo na classe econômica) e mesas. Os carros ficam na parte inferior do barco. Nos andares superiores estão as poltronas dos passageiros, um bar e um free shop. O barco grande possui 4 andares, sendo que no último é possível acessar a parte exterior do navio. O barco Juan Patricio possui acesso  a internet sem fio (wifi) grátis (travessia Montevidéu/Buenos Aires).

Existem duas classes de passagens, sendo a mais barata chamada de turista. A classe mais cara (primera) possui algumas poltronas e mesas um pouco mais confortáveis, além de um outro bar próprio. A diferença de conforto não nos pareceu ser significativa.

Ferry Buquebus

Ferry Buquebus

Interior do Buquebus (poltronas)

Interior do Buquebus (poltronas)

Interior do Buquebus (poltronas e free shop)

Interior do Buquebus (poltronas e free shop)

Interior do Buquebus (automóveis)

Interior do Buquebus (automóveis)

Caso você queira fazer a travessia sem o carro, é possível deixá-lo no estacionamento do Buquebus em Colonia del Sacramento ou Buenos Aires.  Obviamente isto será cobrado. Veja os preços e mais informações clicando aqui.

Sem o carro, você também poderá optar por outras empresas com menor custo que fazem a travessia somente de pessoas entre Buenos Aires<->Colonia e Buenos Aires<->Montevidéu:

  • Colonia Express: para acessar a lista de preços clique aqui;
    Obs.: aceita cartão de crédito e vende passagens pela internet.
  • Seacat Colônia (Ferrylineas): clique nos links para preços no Uruguai e Argentina;
    Obs.: não vende passagens pela internet. A Ferrylineas foi comprada pela Seacat.

Comentários:

  • Viajando de carro pelo Brasil, Uruguai, Argentina e Chile – Junho de 2009
    Em nossa viagem em junho/2009 atravessamos pelo Buquebus o Rio de la Plata entre Colonia del Sacramento e Buenos Aires na ida e na volta. Para maiores detalhes sobre as travessias consulte nosso diário de viagem:
    * 1º Dia – 08/06/2009 (Pelotas -> Chuy -> Montevidéu -> Colônia del Sacramento -> Buenos Aires)
    * 20º Dia – 27/06/2009 (Bahia Blanca/Argentina –> Colônia del Sacramento/Uruguai)
    Na ida pagamos pelo carro mais 2 pessoas US$ 120,00 (R$ 240,00) pelo barco grande e lento (3h) na classe turista (econômica).

    Na volta pagamos pelo carro mais 2 pessoas $566,00 (R$296,00) pelo barco pequeno e rápido (1h) na classe turista (econômica).
    Para preços atualizados consulte o site do Buquebus.
  • Viajando de carro pelo Brasil, Uruguai, Argentina e Chile – Janeiro de 2012
    Nesta viagem o preço da travessia do Buquebus estava muito mais caro. Pagamos em torno de R$522,00 por cada travessia (carro, 2 adultos e um bebê). Nosso bebê estava com 1 ano e mesmo assim pagou a passagem.
58°22’5.27″O