,

[Aventura de Outros Viajantes] Viagem de carro realizada por Guilherme, Marília, Maurício e Joana pela Argentina, Chile, Peru e Bolívia

Dando continuidade as postagens de outros viajantes que, assim como nós, adoram colocar os “pneus na estrada” hoje apresentamos o relato da viagem do Guilherme Pegoraro que partiu em uma viagem de carro pela Argentina, Chile, Peru e Bolívia juntamente com os seus amigos Marília Tizziani, Maurício Chaves e Joana Demoliner.

Essa turma de amigos foi incentivada a sair de Erechim/RS por um casal, da mesma cidade, bastante experientes nesse estilo de viagem.

Não deixem de conferir o relato desta aventura que inclui o roteiro, os passeios, uma ideia de custo, as belíssimas fotos, além de muitas outras informações.

Como consequência dessa primeira viagem de carro pela América do Sul, eles já fazem planos para as próximas… Quem se anima a dar esse pontapé inicial já retorna pensando em partir novamente. Não poderia ser diferente… Não é mesmo?

Agradecemos ao Guilherme e seus amigos pela colaboração e disponibilidade em contar como foi a sua viagem para nós e nossos leitores. Temos certeza que servirá de inspiração para muitos!

Viajantes: Guilherme Pegoraro, Marilia Tizziani, Maurício Chaves e Joana Demoliner

Blog: http://tripsulamericana.blogspot.com.br (em atualização)

Período: 28 de agosto a 16 de setembro de 2015 (20 dias)

Local de Partida: Erechim/RS

Quilometragem total: 8.000 km

Países visitados: Argentina, Chile, Peru e Bolívia.

Veículo: Fiesta 1.6, 2013

Objetivo geral: Vivenciar as diversas culturas e os lugares encantadores de uma pequena parte da nossa grande América do Sul;

Objetivo específico: Machu Picchu, San Pedro do Atacama e a misteriosa Bolívia

Objetivo dos objetivos: Pontapé inicial das primeiras de muitas viagens de carro que virão pela frente…

 O relato:

A ideia de partir de carro pela América do Sul sempre nos soou muito encantadora. Seguíamos diversos aventureiros nas redes sociais e tivemos a oportunidade de dividir a experiência dos nossos queridos amigos Felipe Mocelin e Júlia Parenti, também de Erechim/RS, que já se aventuraram em mais de 60.000 km pela América do Sul.

A data definida para o pontapé inicial aconteceu em um dia comum, após alguns chopes na cervejaria Ágape do nosso amigo Valmor Bandiera (um grande incentivador para a nossa viagem), também em Erechim/RS. Sempre tínhamos receio de fazer uma grande viagem assim, em apenas um casal e em um carro. Neste dia os dois casais e quatro grandes amigos: Eu (Guilherme), Marilia, Mauricio e Joana definimos que a viagem sairia em aproximadamente dois meses: dia 28 de agosto de 2015. Em função das circunstâncias conseguimos pegar férias no nosso emprego e planejar a viagem. Após esta data eu e o Maurício dedicamos nossas horas vagas planejando e definindo o roteiro.

Após alguns dias o roteiro e os pontos de interesse foram definidos: Argentina, Chile, Peru e Bolívia.

Roteiro

O tão esperado dia 28 de agosto chegou, e partimos logo a meia noite de quinta para sexta. No primeiro dia saímos de Erechim/RS e fomos até San Salvador de Jujuy/ARG, fazendo 1800km. Tínhamos planejado esta distância, mas não acreditamos que iriamos conseguir fazer tamanha distância em apenas um dia. Mas a adrenalina era tão grande, que fomos revezando no volante, sem cansaço e chegamos em Jujuy/ARG as 20:00 onde ficamos hospedados no Hotel Fenícia no centro da cidade.

No segundo dia partimos cedo, abastecemos e carro e seguimos em direção a cordilheira. A paisagem na estrada sentido Paso de Jama é espetacular e fica mais linda a cada quilometro rodado. Passamos pelas Salinas Grandes onde paramos para tirar algumas fotos. O visual da estrada é incrível e vale a pena fazer este trajeto com calma.

De San Salvador de Jujuy para SPA

De San Salvador de Jujuy para SPA

De San Salvador de Jujuy para SPA

De San Salvador de Jujuy para SPA

Em SPA nos hospedamos no Hostal Puritama. Nos três dias que ficamos no Atacama, fizemos todos os passeios de carro, menos os Gêiseres que fomos com agencia pois, o pessoal das agencias haviam nos orientado que a estrada era muito ruim e não era recomendado ir com carro pequeno. Grande mentira, nos arrependemos de ter ido por agencia, pois chegamos tarde no local, não vimos a maior atividade dos mesmos e foi um verdadeiro perrengue. Em SPA também conhecemos as Lagunas Altiplanicas, Salar de Águas Calientes, Laguna Tuyajto, Vale de la Luna, Termas de Puritama e Geisers del Tatio. Faltaram muitos lugares para conhecer, os quais ficarão para uma próxima viagem.

Salar de Águas Calientes no Chile

Salar de Águas Calientes no Chile

Lagunas Altiplanicas

Lagunas Altiplanicas

Laguna Tuyajto

Laguna Tuyajto

Sentido Paso de Sico em SPA

Sentido Paso de Sico em SPA

De SPA partimos para Tacna/PER, dando uma passadinha na bela cidade de Iquique/CHI, uma cidade portuária de zona franca, onde avistamos o lindo oceano Pacífico. De Tacna/PER partimos no outro dia direto para Arequipa/PER e no mesmo dia já partimos fazer alguns passeios. Conhecemos a famosa Catedral na bela Plaza de Armas, Monastério de Santa Calatina e o Museu da Múmia Juanita. Ficamos apenas uma noite em Arequipa e no outro dia já seguimos sentido Cusco/PER. O centro histórico de Arequipa é muito bonito e o passeio no Monastério de Santa Catalina é indispensável. A chegada em Arequipa assusta um pouco em função do transito e da pobreza da cidade, mas o centro histórico compensa o sofrimento da entrada. Uma dica é fazer o passeio no Monastério de Santa Catalina a noite e auxiliado por um guia, o qual você contrata na entrada.

De Tacna para Arequipa no Peru

De Tacna para Arequipa no Peru

Saímos de Arequipa/PER logo cedo após o café e seguimos para Cusco/PER. A estrada é um pouco sinuosa e sempre aparecem lhamas, cabras e cachorros soltos na pista, os quais exigem uma atenção a mais. Passar por Juliaca/PER também não é coisa fácil e interessante, mas o caminho exige. A cidade de Juliaca/PER é um caos a parte, o transito é impossível de ser compreendido, mas com um pouco de calma e alguns pedidos de informação logo fica claro.

Juliaca, ainda a parte bonita da cidade

Juliaca, ainda a parte bonita da cidade

Em Cusco, ficamos cinco dias e fizemos os passeios de carro: Vale Sagrado, Moray, Salinas de Maras, Centro Histórico de Cusco, Qorikancha, Tambomachay, Sacsayhuamán, Pikillaqta, Oropesa e o tão esperado Machu Picchu. Para o passeio do vale sagrado e o centro histórico vale a pena contratar um guia, pois tem muitas informações que passam despercebidas. Para Machu Picchu, fomos pelo meio convencional: Van de Cusco a Ollantaytambo, trem até Aguas Calientes, e micro-ônibus para subir a Machu Picchu. Em Machu Picchu chegamos cedo e curtimos todo o dia, retornando a pé para Águas Calientes, descendo a íngreme montanha.

IMG_7621

Machu Picchu

De Cusco/PER partimos para Copacabana/BOL. Chegando na Aduana da Bolívia tivemos que esperar mais de três horas pois a fronteira estava fechada para a realização de uma tourada, algo inacreditável. Não imaginamos que pudessem fechar a fronteira de um pais para realizar uma tourada. Porém, Copacabana/BOL foi uma cidade que nos surpreendeu. A rua principal com diversos bares e restaurantes é muito aconchegante com boas opções para diversão, com bares de rock, reggae e muitos gringos.

Marilia aguardando a Aduana do Peru para Bolivia abrir ao fundo, pois estava fechada para uma tourada

Marilia aguardando a Aduana do Peru para Bolivia abrir ao fundo, pois estava fechada para uma tourada

Ficamos mais um dia em Copacabana e depois seguimos para Uyuni/BOL, passando por Potosí/BOL. Em Uyuni pegamos um Apart Hotel. Ficamos duas noites na cidade de Uyuni. O Salar é muito belo, e fizemos o passeio com agencia, por medo de colocar o carro no salar. A cidade de Uyuni, a entrada no salar e basicamente toda a Bolívia são muito sujos, com lixo espalhado por todos os lados, tamanha diferença de cultura.

Mauricio, Joana e Marilia em foto em perspectiva no salar de Uyuni

Mauricio, Joana e Marilia em foto em perspectiva no salar de Uyuni

Guilherme em uma foto com sua cerveja artesanal Bota Amarela em Uyuni

Guilherme em uma foto com sua cerveja artesanal Bota Amarela em Uyuni

Saindo de Uyuni/BOL seguimos para Tilcara/ARG no norte da Argentina. Outra cidade surpreendente com inúmeras opções para entretenimento, muito bela e rústica. De Tilcara/ARG seguimos para Resistencia/ARG, onde dormimos antes de retornar a nossa cidade.

Gastos: Em torno de R$ 4.500 / pessoa. Um conselho é sempre levar a maior quantidade em dólar. Nós levamos poucos dólares e maior quantidade em reais, pois na época que partimos o dólar estava na casa dos R$ 3,80. Em todas as trocas o dólar sempre é mais valorizado e os cambistas sempre pagam da cotação oficial para mais, enquanto o real é sempre para abaixo do oficial.

Bares e Restaurantes Inperdíveis: Calate de Los Verdes (Iquique/CHI): Um pequeno vilarejo de pescadores a 10km de Iquique/CHI de frente para o oceano pacifico com muitas opções de frutos do mar frescos;

La Pica del Índio: Restaurante em San Pedro do Atacama/CHI com culinária típica e ótimo custo benefício (pagamos em torno de 20 reais por pessoa, com entrada, prato principal e sobremesa);

Chela Cabur: Pub de San Pedro do Atacama/CHI com algumas cervejas artesanais e diversão na certa;

Minuteman Revolutionary Pizza: Pizzaria de Uyuni/BOL, fica dentro de uma das avenidas. Sem dúvida a melhor pizza que já comemos na vida. Atendimento e local espetacular.

Documentação: Levamos a Carta Verde, PID, Passaportes e a Carteira de Vacinação Internacional (exigida na Bolívia – Febre Amarela). A Carteira de Vacinação e a PID não nos foi exigida em nenhum momento. Um conselho nosso é ir com passaporte, o qual agiliza um pouco os trâmites em algumas aduanas. No Peru fizemos o seguro SOAT na cidade de Tacna, por algo em torno de 20 soles.

Polícia: Fomos parados inúmeras vezes nas estradas. Sempre que viam que o carro era estrangeiro nos mandavam encostar. Porém, não tivemos nenhum problema com propinas e todos os polícias foram muito legais, sempre prestativos dando informações. O Maurício Chaves estava sempre com um colete estilo do exército e a barba grande, o que acreditamos que possa ter ajudado um pouco nesse sentido hehe. Uma dica é sempre muito gentil com os policias e trocar informações. Eles também têm curiosidade em saber um pouco sobre nosso país, cultura… enfim, conversa fiada!

A viagem foi tão espetacular que não vemos a hora de fazermos a próxima. Nossa idéia voltar o quanto antes para San Pedro do Atacama/CHI, um lugar espetacular pela sua diversidade.

Guilherme Luís Pegoraro

 

Procurando onde se hospedar durante as suas viagens? Clique no logo abaixo e efetue a sua reserva!

 

 

 

Encontre o Viajando de Carro nas redes sociais.

Curta a Fanpage do Viajando de Carro no Facebook e acompanhe as notícias sobre todas as viagens que realizamos de carro.

Nos siga no Instagram @blogviajandodecarro e curta as fotografias que tiramos durante as nossas viagens.

Veja as nossas fotografias no Flickr.

Nos acompanhe no Twiter: @viajedecarro.

22 respostas
« Older Comments
« Older Comments

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *