Dia 19 – 20/01/12 (Puerto Natales)

Saída: Puerto Natales/Chile – Km 6754
Chegada: Puerto Natales/Chile – Km 6754
Distância: 0Km (passeio a pé pela cidade)

Hoje o dia foi bastante light. Aproveitamos para descansar bastante. No meio da tarde, após nosso merecido descanso no hotel, saímos para darmos umas voltas a pé pela cidade.

Que preguiça! Vou dormir só mais um pouquinho. ZZZzzZZZzz

Que preguiça! Vou dormir só mais um pouquinho. ZZZzzZZZzz

Fomos a uma feira de artesanato que fica localizada próxima ao supermercado Unimarc. Esta feira é feita em uma galeria, onde há algumas lojinhas vendendo alguns itens artesanais feitos localmente. Você poderá encontrar toucas, mantas, miniaturas (ovelhas, milodon e de pinguins), jóias, além de variados tipos de lembrancinhas.

Após fomos dar uma volta na avenida Costanera Pedro Montt, a qual margeia o canal Última Esperanza. Fizemos uma longa caminhada e aproveitamos para ir até a estátua do Milodon, situada na entrada da cidade. A estátua possui o tamanho original do animal e dá as boas vindas aos que chegam a Puerto Natales. Já tínhamos passado várias vezes pelo local, mas ainda não tínhamos parado para fotografar. Como não fomos conhecer a gruta (Cueva del Milodón) onde ele foi originalmente encontrado, ao menos tiramos algumas fotos do monumento do animal.

Canal Última Esperanza

Canal Última Esperanza

Milodón

Milodón

Canal Última Esperanza

Canal Última Esperanza

O Milodon é um dos símbolos de Puerto Natales e foi encontrado em 1895 pelo alemão Hermann Eberhard. O explorador, ao entrar em grande gruta, encontrou um pedaço de pele de um animal desconhecido até o momento, o qual foi chamado posteriormente de Milodón. Este é considerado um dos achados arqueológicos mais importantes da Patagônia. A gruta está localizada a 24km ao noroeste de Puerto Natales e é conhecida como Cueva del Milodón. A caverna possui 30 metros de altura, 80 metros de largura e 200 metros de profundidade e foi escavada naturalmente pelas águas de um lago que existiu na área. Os estudos mostraram que o animal foi um mamífero extinto há cerca de dez mil anos e se assemelhava a um enorme urso (ou uma preguiça gigante). O animal podia andar sobre quatro patas, ou apenas em duas, apoiando-se em sua grossa cauda. Acredita-se que era contemporâneo dos dinossauros, herbívoro e provavelmente domesticável.

Bem próximo dali há a escultura de uma mão com os dedos saindo do chão, semelhante as existentes em Antofogasta, no Chile, e em Punta del Este, no Uruguai. Bem interessante para fotografar.

Escultura de uma mão com os dedos saindo do chão (semelhante as existentes em Antofogasta, no Chile, e em Punta del Este, no Uruguai)

Escultura de uma mão com os dedos saindo do chão (semelhante as existentes em Antofogasta, no Chile, e em Punta del Este, no Uruguai)

Ruas de Puerto Natales

Ruas de Puerto Natales

Continuamos nossa caminhada pela costaneira onde fotografamos os cisnes de pescoço preto no canal Última Esperanza.

Depois fomos jantar no restaurante La Picada de Carlitos, que fica localizado bem próximo ao hotel. Comemos uma deliciosa chorrillana para nos despedirmos deste belo país que é o Chile. Sempre que estamos no Chile aproveitamos para comer este saboroso prato, muito tradicional no país.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *