• 21 dias
  • 4 países (Brasil, Uruguai, Argentina, Chile)
  • 8539Km percorridos
  • 4 travessias das cordilheiras (fronteira Chile/Argentina)
  • 690 litros de gasolina
  • R$ 4945,02 de despesas (excluindo as compras pessoais e presentes)
  • 1 pneu furado
  • 1 pedrada no pára-brisas (marcou o vidro, mas não quebrou)
  • R$0,00 em propina para a polícia corrupta
26 respostas
« Older Comments
  1. Emma
    Emma says:

    Olá Alexandre e Rosana!

    O site de vocês é maravilhoso. Parabéns e obrigada pela generosidade em compartilhar essas informações!

    Uma amiga e eu estamos pensando em fazer uma viagem do Rio de Janeiro ao deserto do atacama, agora em janeiro 2013. Como nenhum de nossos amigos está disponível para essa viagem, estamos considerando em irmos só, num carro 4X4.

    Vocês acham que teríamos dificuldade em chegar até as cidades do Deserto do Atacama? ? São muito desertas as estradas? Corre-se o risco de ter algum tipo de obstáculo “intransponível” (tipo chuva que enche um rio, ficar com carro num atoleiro, etc,). A minha maior preocupção é acesso às cidades do Atacama (s/ Pedro do atacama, não é isso?), pois lá poderemos alugar algum transporte de agência de viagem, etc, para explorar o deserto… O que vocês acham?

    temos experiência em longos trajetos, mas sempre viajando pelo Brasil.

    Já fizemos a rota dos 7 Lagos, mas não de carro…

    Muito obrigada !

    Emma

    Responder
    • arrsouza
      arrsouza says:

      Boa noite senhoritas, tudo bem? 🙂

      Agradecemos sua visita ao blog.
      Todas as estradas até lá são tranquilas e asfaltadas. O movimento é baixo, mas as estradas não chegam a serem desertas.
      Não terão problemas em atolar ou rios que atravessam a estrada.
      O que vocês tem que ter mais cuidado é na descida do paso Jama, próximo a San Pedro. Mas é tudo asfaltado, porém não passe dos 60Km/h nos últimos 60km. Use freio motor.
      Veja todas nossas dicas mais importantes sobre as estradas em nosso diário. Qualquer dúvida específica estaremos a disposição.
      Leiam nossa seção que fala sobre adaptação a altitude. Fará toda a diferença no paso de Jama.
      Podem ir tranquilas, seguindo as recomendações que colocamos sobre as estradas e altitude.
      Levem um GPS para ficarem mais tranquilas. Vocês poderão fazer quase todos os passeios no deserto com o carro de vocês mesmo. Tudo é muito perto da cidade.
      Um grande abraço e boa viagem!

      Alexandre, Rosângela e Felipe

      Responder
  2. Vinicius Goulart
    Vinicius Goulart says:

    O site é de um preciosismo impar, tirei todas as minhas duvidas e me encorajei a pegar a estrada, inclusive mudei algumas cidades em função do que li aqui.
    Parabéns, e pé na estrada!
    Pretendo sair com a família (esposa e filho de 2 anos) em outubro/12 de Garopaba-SC e ir até Valparaiso no Chile.
    Grato pelos esclarecimentos.

    Responder
« Older Comments

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *