As despesas abaixo são totais para 2 pessoas (casal) em 20 dias de viagem. Referência: Dezembro/2009.

Item Custo
Alimentação R$699,69
Hospedagem R$1253,39
Combustível R$1242,24
Pedágios R$17,25
Passeios R$1189,99
Seguro carta verde e extensão de perímetro R$228,53
Diversos (serviço de troca de óleo do carro, etc) R$240,17
Total R$4871,27

Custo médio diário: R$ 243,56

* Observações:

Os valores acima não incluem despesas com presentes e compras pessoais.

  • Alimentação
    Os nossos gastos com alimentação foram baixos porque somente fazíamos uma refeição por dia em restaurantes. A outra refeição geralmente era feita com lanches rápidos, geralmente comprados em supermercados e lojas de conveniências.
  • Hospedagem
    Nosso gasto médio com hospedagem foi de R$ 66,00 por dia. Este valor foi baixo porque os 3 dias de hospedagem na Bolívia estão sendo considerados nos custos de passeios da tabela acima.
  • Pedágios
    De todos os pedágios que passamos, R$7,20 foi o custo de um único pedágio que passamos no Brasil (Canguçu/RS). No Chile não pagamos nenhum pedágio. Na Argentina pagamos diversos pedágios, porém custam menos de R$ 2,00 cada. Lembre-se que moedas estrangeiras não são aceitas nos pedágios.

Cotações (referência Dezembro/2009):

Pesos argentinos: R$1,00 -> PA$1,92

Pesos chileno: R$1,00 -> PA$290,70

Dólares: R$1,00 -> US$0,56

8 respostas
  1. Angelo Paulo
    Angelo Paulo says:

    Bom dia, Alexandre!

    Estamos (eu e minha esposa) programando uma viagem de carro para o chile agora em julho. O roteiro passa por Salta e atravessaremos o Paso de Jama. Com o que devo me preocupar nesse trajeto, especialmente na travessia do referido Paso?
    Abraços

    Responder
  2. Claudia Arnoni
    Claudia Arnoni says:

    Olá Alexandre, tudo bem?
    Eu e meu marido amamos viajar de carro, pelo prazer de estar na estrada, as paisagens vistas, sem contar que podemos parar quantas vezes quisermos. Vi que vocês foram com seu filhinho pequenininho né? Como foi? Temos um garotinho de quase 4 anos, bem elétrico – risos – mas gostaríamos de desde já mostrar-lhe os bons prazeres da vida. Fora do Brasil é tranquila a entrada de menores? Desde já agradeço a atenção.
    Claudia – Rio Claro – SP

    Responder
    • arrsouza
      arrsouza says:

      Olá Claudia
      A primeira viagem com ele foi bem mais fácil, pois estava com 6 meses. Nesta última (jan/2012) ele já estava com 1 ano, necessitando mais atenção e cuidados. Mesmo assim foi bem tranquilo. Compramos uma cadeirinha confortável, com 2 posições. Levamos brinquedos e um tablet para que ele pudesse ver os videos que gostava. Assim ele se divertia durante a viagem. Precisávamos parar o carro a cada 2 ou 3 horas, descer com ele e brincar um pouco.
      Para a entrada com o bebê no Chile, Argentina e Uruguai, basta a carteira de identidade (não serve a certidão de nascimento). Desde que o bebê esteja com ambos os pais, a entrada é tranquila e sem nenhuma burocracia adicional.

      Abraços
      Alexandre e Rosângela

      Responder
  3. Alexandre
    Alexandre says:

    Olá Alexandre e Rosângela. Muito obrigado em gastar seu tempo para ajudar os outros com estes úteis e belos relatos, parabéns pela atitude. Somos um casal aventureiro também (eu, Alexandre tmb, ela Fernanda) e estamos pretendendo fazer uma viagem semelhante. Estamos com uma dúvida e gostaria de pedir a ajuda de vcs: ir de aviao até Montevidéo por ex. (somos de SP capital) e alugar um carro lá e partir de lá ou ir com o nosso desde aqui ? Ou seja, $ “judiando” do nosso carro X $ do aluguel. Vale a pena amigos? Grande abraço

    Responder
    • arrsouza
      arrsouza says:

      Boa noite Alexandre
      Perdoe-nos o atraso na resposta. Estávamos viajando pela Argentina.
      Depende do roteiro e quantidade de dias.
      Para viagens mais prolongadas os custos usando seu carro serão menores. Caso você troque de país com o carro alugado a burocracia será maior.
      A maioria dos viajantes que saem de SP usam seu próprio carro em viagens de 1 semana ou mais.
      Abraços
      Alexandre e Rosângela

      Responder
    • arrsouza
      arrsouza says:

      Boa noite
      Perdoe-nos o atraso na resposta. Estávamos viajando pela Argentina.
      Evite o inverno, devido a dificuldade de atravessar o paso Jama. Nas demais épocas está ok.
      Abraços
      Alexandre e Rosângela

      Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *