,

Expedicao terra do fogo – 16.000km de carro pela América

Parque Torres Del Paine (por Raphael Koerich)

Parque Torres Del Paine (por Raphael Koerich)

Amigos viajantes

Segue abaixo uma dica de relato sobre 3 amigos (Raphael Koerich, Mauro Goulart e Marcelo Schmoeller) que, saindo de Florianópolis/SC, percorreram Argentina e Chile, desde o Ushuaia até o Deserto do Atacama.

A aventura ocorreu em maio de 2009 e foi feita em uma Fiat Palio Adventure Locker 2009, durante 25 dias e percorrendo cerca de 16000Km.

O grande diferencial deste relato são as fotos, já que dois dos viajantes são fotógrafos profissionais. Realmente as imagens são de tirar o fôlego.

Visite http://www.mochileiros.com/fotos-expedicao-terra-do-fogo-16-000km-de-carro-pela-america-t36331.html.

Abraços

Alexandre e Rosângela

4 respostas
  1. Marcos
    Marcos says:

    Gosto muito de viajar, principalmente de carro mas confesso que achei exagerado 16000km em 25 dias. São 640km por dia. Mal sobra tempo pra realmente vivenciar os lugares. Nesse caso, não seria melhor ir de avião?

    Responder
    • arrsouza
      arrsouza says:

      Boa tarde Marcos
      Foi uma viagem fotográfica, por isso que foi tão corrida. Realmente esta km toda não é fácil percorrer em tão pouco tempo.
      Abraços
      Alexandre e Rosângela

      Responder
    • arrsouza
      arrsouza says:

      Boa noite Alexandre
      Ficamos agradecidos pelo link.
      Gostamos muito do seu blog. Será referência para nossas pequisas quando formos a Machu Picchu.

      Muito boa a frase em seu blog, permita-me transcrevê-la:
      “Os homens perdem a saúde para juntar dinheiro, e depois perdem o dinheiro para a recuperar.

      Por pensarem ansionamente no futuro, esquecem o presente, de tal forma que acabam por
      nem viver no presente nem no futuro …

      Vivem como se nunca fossem morrer e morrem como se não tivessem vivido.”

      Já é a segunda vez esta semana que me deparo com ela. 🙂

      Grande abraço
      Alexandre e Rosângela

      Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *