7 respostas
  1. Mauro
    Mauro says:

    Não tenho dúvidas em afirmar, e recomendo sem pestanejar, o site RUTA0, para planejamento da viagem e ótimas informaçoes seja da condição das estradas, pedágios, locais interessantes e muita informação que até o Google desconhece.
    Dou um exemplo clássico: Tente pelo GoogleMaps, fazer um caminho de qq.lugar até Ushuaia……vai dizer que não há caminhos. Faça isso pelo RUTA0 e ai sim saberá o que fazer…….Recomendo demais!

    Responder
  2. luis emanuel
    luis emanuel says:

    bom dia alexandre e rosangela, gostaria de saber se a gente corre algum perigo de assalto nas estradas, e se as cidades que se hospedaram são tranquilas quanto a isso. se tiverem alguma recomendação a fazer agradeço.
    obrigado e fiquem com deus.

    Responder
    • arrsouza
      arrsouza says:

      Olá Luis

      O perigo é igual ou menor do que nas estradas brasileiras. Os problemas maiores são nos grandes centros (assim como no Brasil). Soubemos de alguns relatos também em Resistência na Argentina.

      Um abraço
      Alexandre, Rosângela e Felipe

      Responder
  3. sergio sini
    sergio sini says:

    Oi, apenas para registro, para quem interessar.
    Estive viajando no mes de Março de 2010 até El calafate, de carro e registro que não tive nenhum tipo de problema com policiais, estradas , postos de combustíveis, ( alias todos novos) com area de alimentação e etç.Viagei basicamente pela costa , encontrei poucos trechos de estrada ruim, algumas sendo duplicadas ou revestidas.Na volta entrei pelo centro , por Bariloche, Neuquem, Mendoza(cidade maravilhosa com seu verde e corregos de agua controlados pela Prefeitura)
    O povo argentino, diferentemente do que existe no futebol, é extremamente cordial(só como ex. minha esposa esqueceu sua bolsa com $ e documentos em Puerto Madryn, no quarto do hotel.3000 km. depos percebemos, entramos em contato com o hotel e eles nos enviaram via onibus,fui para Calafate e na volta retirei na rodoviária sem faltar nada.),Gostei tanto que pretendo voltar em 2011.No total eu rodei em Março 14.000 km. Recomendo o Buquebus. é ótimo.
    sergio.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *